5 séries para inspirar empreendedores criativos

09.12.2016 Desenvolva

Quem acompanha semanalmente os conteúdos que publicamos aqui no Vamos Empreender, sabe que algumas semanas atrás escrevemos alguns posts listando alguns conteúdos para inspirar empreendedores; o primeiro foi um texto com algumas palestras incríveis realizadas em alguns TED Talks – se você ainda não leu, pode acessar aqui – e o segundo foi uma publicação falando sobre 5 livros indispensáveis para quem já empreende e/ou quem quer empreender; você ler aqui.

Pensando nesse formato de publicação, fazendo uma curadoria, agregando conteúdos externos, decidimos produzir mais alguns posts com esse formato, visando os empreendedores que querem potencializar a criatividade. Neste post, listamos algumas séries, sempre com base nos membros do nosso coworking, que com certeza vão inspirar empreendedores na construção das suas ideias e em seus projetos que já estão em andamento.

Suits

Suits é um seriado americano de drama que gira em torno de casos jurídicos sempre bem resolvidos, dentro de um escritório de advocacia. Com um toque de humor sarcástico a série narra a história de Mike, um jovem brilhante que sonha em ser advogado, mas que não terminou a faculdade, já que foi pego vendendo uma prova de matemática para a filha do reitor. Ele possui uma memória fotográfica e enciclopédica, e acaba ganhando a vida fazendo provas para outras pessoas, deixando o sonho de ser advogado de lado.

Entretanto, sua sorte muda quando ele é contratado por Harvey Specter, um dos adovgados mais reconhecidos e famosos de Nova York. Após uma entrevista acidental com Mike, Harvey fica impressionado com a inteligência e conhecimento de leis do jovem, além do desejo genuíno de se tornar um advogado, portanto o coloca como seu associado na empresa. Ambos, no entanto, mentem e dizem que ele é formado em Harvard.

O Sócio

Marcus Anthony Lemonis é um bilionário com apenas 43 anos. Gênio da administração e do comportamento humano, atua em uma infinidade de ramos e negócios como investidor ativo. Quando Marcus Lemonis não está administrando sua empresa multibilionária, a Camping World, ele vai em busca de empresas que estão desesperadas por dinheiro e no ponto para um acordo. Nos últimos 10 anos, reabilitou com sucesso mais de 100 empresas e está trazendo toda essa sua habilidade para a série O Sócio, com uma proposta inédita.

Em cada episódio, Lemonis faz às empresas uma oferta impossível de ser recusada: seu dinheiro em troca de uma parte do negócio e uma porcentagem dos lucros. Uma vez dentro da empresa, ele então faz de tudo para salvar o negócio e torná-lo lucrativo, mesmo que isso signifique demitir o presidente, promover a secretária ou fazer ele mesmo o trabalho.

O Negócio

O Negócio é um série brasileira da HBO Brasil e conta a história de Karin, Luna e Magali, três belas mulheres que buscam fazer uma revolução na sua profissão. Sem perspectiva de subir na carreira, elas aplicam uma nova estratégia de marketing para a profissão mais antiga do mundo: a prostituição, se tornando grandes mulheres de negócios.

Shark Tank

Shark Tank é uma série de game show norte-americana, que mostra empreendedores que vão ao programa apresentar as suas ideias de negócio para potenciais investidores, a fim de obter financiamento para produzir ou impulsionar projetos.

Em cada episódio um grupo de empreendedores apresenta a sua ideia de negócio para cinco investidores, chamados “tubarões”. No final de cada apresentação, os tubarões expõem o seu veredito e colocam as questões que considerem relevantes para a tomada de decisão. Posteriormente, os investidores decidem se se retiram do projeto ou se entram com uma oferta de investimento ao empreendedor, geralmente em troca de uma percentagem do negócio e/ou propondo royalties sobre as vendas futuras.

Em Outubro deste ano a série ganhou uma versão brasileira, pelo Canal Sony, com Sorocaba, Cristiana Arcangeli, João Appolinário, Robinson Shiba, Camila Farani e Carlos Wizard como Tubarões.

Black Mirror

Black Mirror é uma série antológica britânica, atualmente distribuida e produzida pela Netflix. A série apresenta uma ficção especulativa com temas sombrios e às vezes satíricos que examinam a sociedade contemporânea, especialmente no que diz respeito às consequências imprevistas das novas tecnologias, onde cada episódio narra uma história diferente, fazendo o espectador refletir sobre relações humanas e produtos inovadores.

Ruan Elson