Agradeça seus clientes com presentes de fim de ano

19.12.2017 Desenvolva

Já virou tradição para muitas empresas dar um mimo aos clientes no fim do ano. Essa é uma forma bacana de demonstrar o quanto a empresa se importa com eles.

E nesse momento de estreitar o relacionamento com os clientes, os empreendedores acabam se vendo em uma posição de dúvida sobre o que dar, para quem deve presentear e como fazer isso.

O presente precisa ter um significado para o cliente.

Confira o passo-a-passo de como surpreender os seus clientes com presentes de fim de ano legais da sua empresa.

1º Passo: Definir o investimento.

Se sua empresa pretende presentear os seus clientes, é super importante reservar um dinheiro ao longo do ano para isso.

Uma dica legal é definir um valor fixo para todos os presentes, dando a mesma coisa para todos os clientes, ou então definir um percentual com base no que seu cliente consumiu/comprou na sua empresa. De 2% a 5% é um percentual bacana para o presente.

Por exemplo: Se você define 5% como limite e seu cliente consumiu R$1.000 com sua empresa, você escolhe o presente dele se encaixando no valor de R$50.

2º Passo: Escolher quem vai receber os presentes.

Você pode tanto escolher presentear os clientes, como incluir também os parceiros, fornecedores e outros stakeholders do seu negócio. Tudo vai depender do orçamento que você tem disponível para isso e do grau de importância que cada um desses grupos tem para a sua empresa.

No caso dos clientes seria muito bom se desse para você presentear todos eles. Porém, existem negócios que possuem centenas ou milhares de clientes, o que pode deixar o financeiro louco.

Para isso, você pode selecionar os clientes com base em algum critério como: tempo de contrato, valor de consumo ou proximidade com sua empresa. Isso ajuda a filtrar os clientes e cria um critério um pouco mais justo para escolher quem o orçamento vai conseguir atender.

3º Passo: Selecionar os presentes.

Escolher algo para presentear sempre é difícil, ainda mais quando você tem que fazer isso para várias pessoas/empresas ao mesmo tempo.

Nessa hora você tem que lembrar de duas coisas básicas: o presente precisa ser útil para o seu cliente e deve remeter a algo da sua marca ou serviço/produto.

Deixe esse momento para agradecer o seu cliente e não fazer com que ele gaste mais dinheiro com você.

Jamais escolha algo simplesmente pelo preço, porque você pode cair no erro de dar um presente inútil que vai parar na lixeira do cliente. E em hipótese alguma ofereça desconto nos seus produtos ou serviços. Deixe esse momento para agradecer o seu cliente e não fazer com que ele gaste mais dinheiro com você.

O presente precisa ter um significado para o cliente. Senão parece que a empresa está fazendo aquilo somente para ser bem vista por ele e não porque realmente se importa com a sua relação de confiança e credibilidade.

Dei algumas dicas de tipos de presentes legais para você dar aos seus clientes lá na coluna da CBN João Pessoa. Escute ela aqui na íntegra.

4º Passo: Planeje a logística.

Essa é uma etapa fundamental para que tudo dê certo e seu cliente possa receber o presente em perfeitas condições.

Planeje com calma a logística de compra e entrega dos presentes. Lembre-se que os Correios recebem uma alta demanda de entregas nesse período do ano e os custos para chegar mais rápido podem acabar encarecendo o presente. E se for feito pessoalmente, precisa ver a escala de funcionários e o tempo que vão ter que dar pausa na produção do dia-a-dia da empresa para efetuar as entregas.

Com todo esse trabalho feito, seus clientes vão perceber a importância que tem para sua empresa, e esse momento de comunhão de fim de ano vai se estender para além das relações comerciais que você possui com eles. Lembre-se sempre que esse é um momento de gratidão e reconhecimento da sua empresa com seus stakeholders.

Jorge Wanderley