Detesto manter uma rotina

24.10.2016 Idealize

Quem gosta de uma rotina levanta a mão!

Pois é! Nem todo mundo curte essa vibe de ter sempre uma mesma coisa pra fazer. Eu mesmo sou uma delas. Por isso decidi empreender.

O fato de saber que nenhum dia vai ser igual ao outro, que de uma hora pra outra o jogo pode virar e você precisa estar preparado me deixa tão animado que é difícil de explicar. E a questão principal é que no empreendedorismo nada vai ser igual nunca. NUNCA! Será mesmo?….

Apesar de amar essa adrenalina de sempre ter algo diferente pra fazer e surgirem coisas novas o tempo todo, aprendi que a rotina é necessária para o bom gerenciamento do negócio.

O maior exemplo disso é a atividade de controle financeiro. Se você opta por não criar uma rotina e ser extremamente rígido quanto ao controle do que entra e do que sai, sua empresa vai para o buraco. Literalmente.

O fato de ter liberdade não significa ser ‘vida loka’ e fazer o que der na telha.

Não adianta fugir, a rotina é necessária

Passei por uma fase no início do Tot em que evitava ao máximo ter uma rotina. Já tinha saído de um estágio por ter me prendido a um estilo de trabalho repetitivo, e decidi montar minha própria empresa para ter liberdade e fazer as coisas do meu jeito, na minha hora. E infelizmente esse é um dos maiores erros dos empreendedores de primeira viagem.

Imagine que você recebe diariamente e-mails solicitando orçamento para seu serviço ou compra de seus produtos. Se você não tirar um momento todo dia pra olhar sua caixa de entrada, provavelmente vai perder muitos clientes. E isso, nada mais é que manter uma rotina diária.

O fato de ter liberdade não significa ser “vida loka” e fazer o que der na telha. A pessoa precisa ter ciência de que existem certas obrigações enquanto empresário que precisamos cumprir exigindo um nível de organização, e na maioria das vezes é a rotina que nos mantém organizados.

Lembre-se que quando você decide ser um empresário, dono do próprio negócio, vai precisar mudar algumas coisas na sua vida e uma delas – principalmente pra nós que somos mais jovens – é aprender a seguir uma rotina. Por mais chata, sem graça e entediante que pareça ser, é necessário.

Aprendi do pior jeito que a rotina é importante e que é preciso ter muita disciplina pra conseguir mantê-la. Então, evite quebrar a cara e se acostume. Com o tempo você vai ver que ter uma rotina de vez em quando, não é tão ruim assim. Mas isso, meus amigos, é um papo para outro post.

Jorge Wanderley