Os 3 maiores benefícios do trabalho remoto

14.10.2016 Desenvolva

A forma de trabalho muda ao longo do tempo. Já passou o tempo em que o exercício das habilidades individuais isoladas eram levadas em consideração; o trabalho coletivo, colaborativo, em equipe, ganhou força e é o futuro das relações organizacionais.

Chegou o tempo também de que esse trabalho coletivo, as relações em grupo, presenciais, precisam se atualizar; o advento e avanço dos meios de comunicação tem quebrado os paradigmas e vem redefinido a forma de como nos relacionamos e interagimos, especialmente no âmbito corporativo, influenciando na tendência do trabalho remoto.

Tanto para as empresas como para os profissionais, o trabalho remoto tem benefícios e vantagens para ambos, seja pela redução de custos por parte da instituição, seja pela comodidade e conforto por parte do profissional. O fato é que a medida que a sociedade passa por transformações, econômicas e políticas, é preciso saber lidar com os seus efeitos — e isso vale para todas as áreas — neste caso, o estreitamento da empresa e a redução de custos.

Analisando a tendência do trabalho remoto, que vem se fortalecendo e ganhado adeptos de uns 4 anos para cá, tiramos algumas conclusões — também com base na minha experiência em coworking, trabalhando e lidando com profissionais de origens diferentes — sendo empreendedor ou profissional remoto — e de áreas diferentes, dos benefícios que se pode ter em um home office ou em um espaço colaborativo.

Benefícios do home office e do coworking

Liberdade
Quem trabalha de forma remota, seja home office ou coworking — há benefícios distintos — sabe o que é liberdade. A flexibilidade, o desprendimento da formalidade e do relógio traz motivação para o profissional, permitindo que ele construa o seu horário e desenvolva seu trabalho sem pressão e estresse.

Conhecimento
Como disse no ponto anterior, há benefícios distintos entre quem trabalha em home office e quem trabalha em coworking, e o conhecimento é um deles. De um modo geral, quem trabalha em home office, embora desfrute da liberdade, não possui um networking tão rico quanto quem trabalha em coworking. O “homer” está sozinho e não conta com nenhum colega ao seu lado para uma troca de ideias. Já o coworker possui um networking rico e uma grande troca de ideias, pois compartilha o ambiente com profissionais de diferentes áreas.

Significado
Esse é um benefício que ambos os formatos compartilham, mas que apenas, também de um modo geral, a maioria dos empreendedores usufruem. O empreendedor independente do formatos que utilize, seja home office ou coworking, tem paixão por aquilo que faz, realiza seu trabalho com convicção, pois construiu seu projeto com base naquilo que acredita.

Ruan Elson