Porque você precisa aprender a dizer não a seus clientes

30.11.2016 Desenvolva

– Alô, é Ricardo?
– Sim, pois não?
– Quem me indicou você foi fulano. Estou promovendo um evento daqui a 3 semanas e queria saber se você pode fazer a comunicação.
– Certo… Olha, agradeço a procura, mas infelizmente só podemos atender demandas assim a partir do ano que vem.

A conversa continuou dali com o não-cliente agradecendo a honestidade. Ficou surpreso. Quis entender melhor nosso trabalho e o que podemos fazer para ele no futuro. Não tinha muito o que entender: somos uma empresa pequena e não dá pra dar um passo maior que a perna. Esse é o registro de um dos meus maiores aprendizados pessoais: dizer não, não apenas para as diversas situações da vida, mas também para clientes.

É melhor sofrer por ter de dizer não a alguns clientes, do que sofrer com clientes te ligando porque todos os trabalhos estão atrasados.

Sempre tive muita dificuldade em dizer não para pedidos que envolvem minha ajuda criativa. E isso sempre me gerou problemas. Foi natural que trouxesse isso para minha vida profissional ou empreendedora.

Quanto seu projeto está começando, especialmente se você é da área de serviços, todo planejamento estratégico da empresa também passa pelo quanto você pode atender e o quanto você vai lucrar com isso, diante das suas despesas. Para quem vem de um contexto freelancer como eu, talvez esteja acostumado a esticar bastante os limites da jornada diária e virar algumas noites para aumentar a renda. Esses sacrifícios valem a pena e já falei por aqui no Vamos Empreender.

O que aconteceu em parte comigo, e pode também acontecer com você, é a atitude de subestimar o potencial do seu negócio. Em alguns meses, fazendo um bom trabalho, você pode ser surpreendido por uma demanda maior do que a que você pode atender. E aí, vou te contar um segredo: é melhor sofrer por ter de dizer não a alguns clientes, do que sofrer com clientes te ligando porque todos os trabalhos estão atrasados. A responsabilidade é sua por ter fechado mais jobs do que poderia suportar.

Essa atitude demonstra não apenas maturidade do gestor e da sua empresa, como previne você de maus bocados na relação cliente/fornecedor. Dizer não para certas situações não é necessariamente perder oportunidades, mas continuar dizendo sim para as que você já agarrou.

 

Ricardo Oliveira